quarta-feira, 2 de abril de 2014

É tão certo quanto o calor do fogo (?)


E se tudo na vida fosse certo? Se tudo tivesse uma certeza absoluta? Será que seriamos pessoas mais calmas e compreensivas?
E se tudo tivesse escrito e predestinado a acontecer? Se todas as suas dúvidas logo fossem respondidas? Se toda a sua certeza da vida e das coisas nunca fosse questionada - por você e pelas outras pessoas?
E se suas decisões sempre tivessem cercadas de tantas certezas? Se você nunca errasse? Como seria? Se cada caminho fosse tão certo que você nunca, jamais poderia mudar de ideia? Ou se dar ao prazer de errar? Ou voltar, ou trilhar novas rotas?
Ah, tantas as perguntas! Nós (eu - ansiosa) que vivemos cheios de dúvidas, de medos, de escolhas e oportunidades. Será mesmo que se tudo isso fosse afirmativo, seriamos mais felizes com nossas vidas? Seriamos mais satisfeitos? Eu duvido.
Nada como uma escolha, como uma mudança, como coisas novas, como nossos erros e acertos. Novos caminhos e comprometimentos. Imagina se tudo fosse "escrito"?! Se cada pedacinho da sua vida tivesse um destino certo e totalmente controlado?
E aquele novo corte de cabelo? Aquela certeza velha indo embora com uma conversa com seus melhores amigos. Aquela repaginada no seu guarda-roupa. Aquelas velhas coisas certas "de você" indo embora pelo ralo. Deixando espaço para o novo, para o desconhecido... Para o incerto!
A vida é feita de incertezas, sabemos. Sabemos que cada incerteza na vida acaba doendo em cada pedacinho do nosso corpo, mas não existe nada como elas. Que paradoxo! Contraditório! Entretanto, o quão chato seria se tivéssemos tudo tão fácil e ao alcance de nossas mãos?
E os medos? Aqueles que nos torturam e que lutamos, dia após dia, para destruí-los. Talvez a vida seja realmente bela por isso... por essas incertezas. Por cada canto de uma nova chance de dar certo!
O caminho que ela traz e que, as mudanças nos permite, é incrível. E nada melhor do que ultrapassar momentos incertos e descobrir que agora você já está mais maduro. Sabe um pouquinho mais das coisas, mas tem umas outras trilhões para descobrir. Seria terrível se soubéssemos tudo. Seria incrivelmente chato e monótomo.
Ver em cada momento a chance de uma nova escolha, um caminho diferente. Se dá medo? Normal! Contudo, que isso sirva de impulso e jamais como uma placa "PARE".

Que tenhamos, por fim, uma única certeza... A de sempre continuar!

Texto inspirado pelo filme 'Vicky Cristina Barcelona' (2008) de Woody Allen. mimimi

4 comentários:

  1. Nossa,
    Gente, como faz para escrever bem assim? aaa e eu que pensei que soubesse escrever, gente seus textos são demais, com certeza vai ser minha próxima indicação e por que? nãooo não to querendo favor, troca de links nem nada é que gosto de compartilhar o que é bom, o que eu gosto e fim, amei, amei mesmo seu blog.

    ResponderEliminar
  2. Assim vou ficar emocionada Fernanda. hahahah
    Obrigada gata! ;D

    ResponderEliminar
  3. Gostei do seu blog. É diferente, um blog de ideias e análises pessoais. Bem diferente.
    Blog ArroJada

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada gata. Que bom que gostou! Não são todos que gostam de ler essas "análises" rsrs
      beijos

      Eliminar