terça-feira, 9 de setembro de 2014

Desafio você a se amar

Para quem acompanha as redes sociais, já deve ter visto a última corrente da vez. O desafio das meninas colocarem uma foto qualquer, sem maquiagem e (para piorar) sem filtro. Sem me surpreender, mais uma vez, vi comentários ridículos, situações bizarras e até coisas ofensivas para nós mulheres que sofremos constantemente com a cultura da beleza. Já escrevi sobre isso, mas achei propício o assunto e como sempre polêmico. Comentários machistas e nojentos, vindo de nós mesmas, mulheres que já passaram por alguma descriminação, ou qualquer coisa do gênero.


Já reparou como nós (mulheres) criticamos a nós mesmas? Isso nunca foi segredo. Talvez a grande pergunta realmente seja por que fazemos isso. Já vivemos numa sociedade opressora, machista e etc etc etc, e ainda complicamos mais as coisas sustentando esses vícios de atitudes. Pois sim, fomos ensinadas a competir. Ensinadas a sempre querer mais que a coleguinha ao lado. E isso, por incrível que pareça, ainda está próximo no cotidiano das mulheres.

Não me excluo nenhum pouco deste mundinho "sobrenatural" feminino. Talvez esteja até nos nossos instintos como animais humanas fêmeas em uma selva perigosa e destruidora. Mas será mesmo que temos que continuar como mulheres e animais das cavernas? Acho que não. A evolução da mente humana é uma coisa fascinante, e acredito que todos nós deveríamos prezar e fortalecer esse sentimento... De sempre evoluir.

Evoluir na questão da sociedade parar de enxergar a mulher como um pedaço de objeto... Pronto para vender e compilar sua obrigações (ESCRITAS) feitas às mulheres. Ser uma boa dona de casa; ter um emprego para manter uma casa trabalhando 10h por dia (fato que só foi conseguido após mulheres que lutaram pela liberdade na nossa história); saber fazer as coisas (e muito bem) corriqueiras de uma boa mulher; e, ao mesmo tempo, fazer tudo isso com uma cara limpa, lavada, maquiada, com as unhas pintadas, sobrancelhas feitas, cabelo bem arrumado, roupas devidamente lindas e modernas, salto alto e com o sorriso no rosto (pois caso contrário, você é mal comida ou mal amada).

Coisas que, para nós mulheres sobreviventes, já conhecemos de cór. E até banalizamos o sentido disso tudo. Isso não é um problema, sério. O que virou um problema, na minha opinião, é a falta de coragem que alguns tem de não enxergar tudo isso. Mas que se fodam... desta vez, vou lançar um desafio diferente. E talvez, nada mude, mas você já me conhece e sabe que tenho momentos como esse...

Desafio você a amar sua melhor amiga mais do que já ama. Desafio a você tentar se reconciliar com aquela colega que brigou por causa de um carinha babaca na escola. Desafio você a elogiar uma senhora do seu convívio. Desafio você a olhar mais cada mulher que está ao seu redor e dentro disso entender, ou tentar, o espírito feminino de cada menina. Pois sim, diferente do que se possa pensar, cada mulher carrega um infinito dentro de si.

(Amo esse filme mesmo! hahaha)

Desafio você a se olhar no espelho. Olhar e pensar em todas as suas histórias, tudo o que já sentiu e propagar ainda mais conteúdos para sua vida. Neste instante, desafio você a ver você por dentro. Ver cada pedacinho do seu eu interior e praticar o reconhecimento. Sim, você é incrível! E não importa o que eles dizem a seu respeito. Para mulheres que lutam dia a dia, as mulheres reais, já sabem que a conquista do amor próprio vem de um longo caminho.

Desafio você a comer uma barra de chocolate sozinha na fase da TPM e não se sentir culpada. Isso alivia a raiva... e alivia pra caralho! Desafio você a parar de procurar imperfeições no seu corpo e achar que isso pode acabar com seu relacionamento. Desafio você a perceber que ninguém é perfeito. E que sua vida é recheada desses pequenos defeitos e qualidades que você se consolidou.

Desafio você a olhar melhor... a se admirar. Pelos feitos, pelos erros e acertos. Olhar a força da sua mãe, que será sempre a melhor pessoa do mundo para você. Obter a força diante dos obstáculos e acreditar que pode qualquer coisa deste mundo. Desafio a você se desafiar a ser melhor todos os dias.


Desafio você a esquecer as noites mal dormidas chorando no travesseiro por se achar feia demais. Desafio você a partir para outra dieta maluca na segunda-feira e dar uma escapadinha na sexta, jurando que vai voltar assim que possível. Desafio você a manter o controle da sua vida. VOCÊ... Mais ninguém!

Desafio você a ser você mesma! Somar, ainda mais, cada pedacinho de você que é cheio de riquezas, cheio de mistérios, cheio de encantos que poucos sabem apreciar. E não porque não querem, mas porque têm medo. Medo do profundo coração que existem em nós... mulheres reais. Mulheres que vivem sem filtro todos os dias, mulheres que ouvem absurdos e passam por situações absurdas todo santo dia. Mulheres que choram, mas fingem um sorriso. Mulheres que carregam uma vida dentro da barriga, mulheres que acordam cedo, trabalham, estudam e ainda mantem o cabelo limpo com um batomzinho na boca para dar um UP!

E por fim, desafio você a se amar. Amar o seu jeito, suas qualidades, defeitos. Amar sem nenhum filtro ou maquiagem. Ou com filtro e maquiagem... A escolha é sua! Escolha excluir as condições que nos dão para nos oprimir; escolha a sua melhor qualidade e evapore sua felicidade por saber que ela existe. Conhecer-te bem para não deixar que ninguém te desestruture ou acabe com sua beleza. Sim, você é linda! Por ser real, por ter defeitos, por lutar a cada dia, por desesperar-se no abandono e em seguida levantar-se com a cabeça erguida.

Na realidade, sabemos que esse delineador lindo que deixa seu olho mais puxado, ou aquele batom da MAC, ou aquela calça que deixa você mais magra, no fundo é só uma somatória. É só mais um pequeno detalhe, na grande dimensão que é você... mulher.

2 comentários:

  1. Fico incrivelmente feliz quando vejo esses textos pipocando na minha timeline. Feliz por saber que as pessoas que respeito e admiro se dão o trabalho de expôr suas opiniões e dizerem o que pensam, mesmo quando nem sempre está indo na mesma direção que tantas outras pessoas.

    Se amar é difícil. Se amar sendo mulher é ainda mais. Afinal, pra que serve a mulher, se não para "enfeitar" esse mundo machista e opressor, né? Infelizmente vivemos em uma sociedade onde valores só são avaliados de um lado, daquelas que "nos servem" e infelizmente grande parte da sociedade continua com isso dentro da mente, não só como valor, mas como lei integral da vida.

    Todos somos lindos, independente do que fazemos para disfarçar isso. Adorei seu desafio e adorei seu esforço de ir contra a maré. É tão bom ver que existem pessoas lutando pelo que acreditam e que fazem de tudo para conscientizar outras pessoas disso.

    Parabéns pelo texto incrível e pela mulher sensacional que você é. Poucas vezes nessa vida de internet fiquei tão feliz em encontrar um blog tão pessoal e tão impactante quanto esse. Você é demais, Thai. Abraço.

    (Viu? consegui realizar seu desafio e elogiei uma mulher que me inspira, de uma forma ou de outra)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ahhhhhhhhhhhh !!! <3
      Obrigada Van. Até quase suei pelos olhos aqui hahaha
      Eu tento ao máximo repassar o que sinto, sem ser como uma lição ou qualquer coisa parecida. Acho que experiências são as coisas mais válidas de serem compartilhadas.
      Obrigada você por sempre me dar vontade de escrever por aqui, heheheh

      Beijos

      Eliminar