terça-feira, 4 de outubro de 2016

Por que é tão difícil o fim de um relacionamento?

Apego. Começo dando a resposta logo no inicio. Pois, não há outra. Assumo que não tive grandes relacionamentos ao longo dos meus 26 anos, mas posso afirmar que já sofri muito por aqueles que nem duraram um mês direito. Porém, aprendi muito com todos. Principalmente agora. E afinal, por que será que sofremos tanto com o fim de um relacionamento?
Estive pensamento muito sobre mim. A verdade, quer você queira ou não, é que ninguém é de ninguém nessa vida. Lógico que, ao iniciarmos uma ficada, namoro, casamento, pensamos de todas as maneiras possíveis em como aquilo pode e DEVE ser duradouro. Mas aí que está o erro. As coisas mudam, as pessoas são um universo inteiro dentro de si próprio, e que por conta de uma vírgula, mudam seu caminho todo da vida. E o que há de tão errado?
Dizer que acabou? Que mais um relacionamento seu não deu certo? Dizer que a pessoa fez, ou o que faz com você, e por isso vai se arrepender profundamente por tudo? Entre tantas coisas que já ouvimos ou passamos... a realidade é completamente diferente.
Apesar de ser aquariana (a louca dos signos kkk), nunca fui desapegada de tudo. Sempre mantive próxima a mim as melhores lembranças. Tanto de pessoas, como as que tive o prazer de ter sozinha. Porém, sempre sofri demais e agi de forma imatura um fim. Pois, pela minha incerteza das novas lembranças, do novo, me assegurava as que tinha tido e não queria largar mais. E na boa, isso não é amor. Isso é nada mais que apego.
Já fui muito pior. Hoje em dia, friamente, consigo me avaliar de forma mais adulta e consciente de uma situação que todos passaram alguma vez na vida. E se não passaram, não fiquem surpresos se acontecer. É pelo nosso ego, orgulho e a nossa mania de não saber "perder", que nos aprisionamos a coisas e pessoas que não são nossas e nunca serão. Entenda, isso é completamente normal.
Normal querermos ter próximo as nossas vidas, pessoas que nos fizeram um bem tão grande. Que tiveram uma linda história de amor e companheirismo. O que não é normal é forçar uma situação. Por medo ou por capricho.
Agora sendo uma pessoa religiosa, consigo ver uma visão ampla do que a vida nos significa. E quais são os planos divinos, do universo, o que queira chamar, que nos encaminham para a nossa verdadeira missão na vida. Sim. Isso exite! E enquanto nós não estivermos conectados conosco, a nossa liberdade, seremos, no fundo no fundo, sempre infelizes.
Há a busca pela paixão. Mas os nossos objetivos devem ser traçados por nós. Nada mais. Isso não quer dizer que você deve ficar sozinho pro resto da vida. E sim, que você deve se conhecer perfeitamente bem para reconhecer o que é bom, o que é ruim, o que deve ficar e o que deve partir.
Não é questão de ódio onde os homens são uns pilantras e não querem amor, só querem safadeza. Eu tenho amigos, HOMENS, passando pela mesma situação que a minha. Dizendo que queria ouvir um "eu te amo" da namorada. Sofrendo porque a mina que ele tanto planejou a vida, não quer mais nada com ele. Não é nada disso. E finalmente, eu entendi isso. Depois de tanto tempo.
Neste mundo, ninguém precisa ser meu inimigo para encaminhar minhas angústias ou medos... Para eu justificar as minhas cagadas ou superação. Os homens também querem amor. Todos queremos! E essa "guerra" chamada fim, me causou, como deve ter causado a você também, as decepções internas que permanecem por culpa nossa.
Sim, criamos planos, promessas, sonhos... Mas a vida é mutável. E pode parecer clichê e é, mas NADA acontece por acaso. Se a pessoa não gosta tanto assim de você, foi porque essa pessoa não é pra você. Se você sente algo estranhamente fora do lugar desde sempre, essa pessoa não é pra você. Se você se deixa, se esquece para realizar as coisas do seu parceiro (a), essa pessoa NÃO É PARA VOCÊ.
Aceita. Dói. Dói muito. Mas o que realmente vale são os momentos bons e tudo que aprendemos ao lado de quem quer que seja. O proposito de amar foi cumprido. Por meses, dois anos, vinte anos. Vocês foram a busca. E agora buscam a felicidade própria. Se existir alguém para apenas somar, pode ter certeza que dará certo. Esqueça essas frases de superação. Lembre que somos todos iguais nesse mundo material.
Primeiro se encontre. Se busque. Veja o que quer. Aprenda com suas dificuldades, com seus medos. Aprenda a lidar com os seus defeitos. E SEMPRE, mas SEMPRE, seja grato. Grato pelo amor que foi criado, pelos momentos, pela vida, pela oportunidade de viver ao lado de alguém. Tem gente que passa a vida toda procurando isso e não consegue. Então... siga. Abra seu coração para você mesmo. Escute as suas necessidades e busque a sua paz. O amor próprio. Só assim poderá amar verdadeiramente alguém e permitir que ela te ame também.



Sem comentários:

Enviar um comentário